Pipelight

Instalação de Luzes

Cliente: MiCasa | Arquiteto: Triptyque
Superfície: 450 m²
Cidade: São Paulo | País: Brésil
Anos: 2008

O sistema de iluminação PipeLight foi concebido como um produto de forma semelhante à de um organismo vivo, que invade e toma conta de cada cômodo de uma casa, como uma hera trepadeira. Ele se torna uma ponte entre arte e design, uma plataforma para discutir estética, funcionalidade e valor artístico.

Ao contrário da sua fonte de inspiração, que acontece através do processo de fotossíntese, o sistema PipeLight se alimenta da escuridão. Somente as lâmpadas, tubos e outros componentes industriais expostos podem revelar o projeto arquitetônico ofuscado pela escuridão das paredes. Os padrões formados pelos tubos cinza e as luzes nas paredes acentuam as características rústicas do edifício. Quando as luzes se acendem, o projeto ganha vida e sua simplicidade se transforma em uma complexa interação entre a escuridão e a luz.

Essa instalação foi o resultado de um convite de Houssein Jarouche, proprietário de uma loja de design “Micasa”, um projeto assinado pela Triptyque, realizado dentro e fora da casa abandonada do lado da loja. Após a finalização dessa instalação, o local recebeu uma exposição intitulada “Do outro lado da parede”, da qual participaram 19 dos nomes mais icônicos da arte e design brasileiros. A exposição levantou questões sobre o estado atual do processo criativo e estimulou um diálogo entre as linhas de fuga entre arte e design.

Essas lâmpadas foram utilizadas pela primeira vez no projeto do Museu Disco e, a partir de então, elas adquiriram vida própria. Mais tarde elas serão transformadas em um produto destinado a ser trabalhado pela Micasa, para projetos especiais realizados por Wall Lamps.

Diretor Geral : Luiz Trindade | Chefe de Projeto: Flavio M1R | Créditos: Romulo Fialdini

Hide picture